Rebeldes sem Causa


Interesting philosophy to entertain your thoughts.

Prosas e Café

Existe um traço em comum entre os ateus, monges e mestres de diversas religiões ao redor do mundo. O mesmo ponto de consciência abordado por perspectivas diferentes que possuem em si a mesma essência. Falo da noção de efemeridade da vida; tudo é pó, tudo é vão, tudo é vaidade. Crendo em Deus, esse fato é enxergado pelo prisma da graça, donde o maior dever de todos nós, seres humanos, é evoluir a própria compreensão do que é a gratidão – se somos um átomo perdido numa vastidão infinita, então no mínimo deveríamos agradecer pela dádiva de existirmos, ainda mais se somos tão pequenos e rúpteis. Essa é a melhor das interpretações teológicas, torna as pessoas mais sensíveis e cientes de que, se a vida não possui sentido, então nosso dever primário é construir um sentido para ela.

Esquecendo os sábios e intelectuais, temos de sobra o povo. Bilhões de…

View original post 675 more words

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s